O outro Lado

O outro Lado

Objetivos: ver o objetivo comum do grupo. Processo de comunhão e união. Análise da realidade.

Desenvolvimento: (não dizer o objetivo da dinâmica).

  • O coordenador pede a todos que se coloquem no fundo da sala ocupando toda parede. Pede silêncio absoluto, muita atenção para a ordem que vai ser dada e que sejam rigorosamente fieis a ela. Deve manter silêncio durante a dinâmica.
  • A ordem é a seguinte: Vocês deverão procurar como grupo, atingir o outro lado da sala, da forma mais rápida possível e mais eficiente.
  • Repete-se a ordem várias vezes.
  • O coordenador dirá que a ordem não foi cumprida, pede ao grupo que recomece. Repita a ordem várias vezes, pedindo que haja silêncio.

NOTA: É bom que haja obstáculos pelo meio da sala (cadeiras…) dificultando a passagem. Ele considerará a tarefa cumprida quando julgar que o grupo se aproximou do ideal alcançando o outro lado unido, obedecendo ao ritmo um dos outros, tendo incluindo todos na travessia.

Em seguida fazer comentários sobre tudo que observaram e sentiram:

  • Como cada um se sentiu?
  • Quem se sentiu esmagado e desrespeitado?
  • Quem ais correu ou empurrou?
  • De que forma as lideranças foram se manifestando???
  • Houve desistência no meio do caminho?
  • Surgiram animadores???

Palavra de Deus: 1 Cor. 12,12-27 Sl 133

Minha metade está com você

Minha metade está com você

Objetivo: Promover a aproximação das pessoas do grupo e incentivar o diálogo e novas amizades.

Preparação:

a) Recortar cartelas de cores variadas, tamanho aproximadamente de 10 x 5 cm, em número suficiente, de modo a não faltar para ninguém.

b) Escrever em cada cartela, uma frase significativa (pode ser parte de uma música, um título de história infantil, etc.).

c) Cortar as cartelas ao meio, de modo que a frase fique dividida.Como Fazer:

1. A dinâmica inicia-se com a distribuição das duas metades, tendo o cuidado para que todos recebam.

2. Estabelecer um tempo para as pessoas procurarem as suas metades.

3. À proporção que cada dupla se encontrar, procurará um lugar para conversar: o ponto de partida é a frase escrita na cartela.

4. Após dez minutos, mais ou menos, o facilitador solicita que algumas duplas falem sobre a experiência (o que sentiram, como foi o encontro, etc.).